terça-feira, 30 de março de 2010

Jovens de Águeda e Trofa no FÉstival









Jovens de Águeda e da Trofa participaram no FÉstival que decorreu no passado sábado. Pela primeira vez, o arciprestado de Águeda participou nesta iniciativa. Conseguiram honrosos 6.º e 7.º lugar, respectivamente. Palmas para eles. São verdadeiros vencedores pela coragem, pela força, pela vontade e pela participação.

Em frente jovens!!!



Ah, honra se faça à música vencedora, que aliás será hino dos jovens da nossa diocese para a Jornada Mundial da Juventude de Madrid.
Cá fica, para irmos aprendendo...

6 comentários:

maria fátima disse...

Ancorados em Cristo, inundámos Estarreja!

já somos uns vencedores!

Não penso que fosse a melhor música para vencer... mas também nada entendo do universo da música...

Parabéns à equipe vencedora! Viva AVanca! Viva os jovens de Aveiro! Viva o Arciprestado de ÁGueda!

TT - Tânia Trofa

arciprestado de Águeda disse...

Obrigado pelo comentário.

E vivam os jovens de Aveiro

Rosa disse...

Bonito de ver e ouvir.
Elogios aos participantes, em especial aos da Trofa, e de Águeda.
Valeu pela surpresa :))
(profissionais em palco)

Quanto à vencedora, devo confessar, que não era a minha favorita, mas!
"quem percebe sabe"

Parabéns

Ni disse...

Foi um dia em que aprendemos muito...
Os nossos jovens (jovens mesmo) sorriram, pularam, desanimaram... mas encantaram. Encantaram-nos. Mostraram que aos jovens pertence uma coragem única e uma Força Especial.
Falava-se em bandas, em melhores e piores... hierarquizavam-se desempanhos. Até que a Joanita nos faz pensar e sentir diferentes: "Nós não somos uma banda. Nós somos um grupo!"
Os "nossos miúdos" deram sentido ao FÉ do FÉstival. São cristãos!

Obrigada a todos. Gostamos de vocês.
Ao diácono Zé António um Muito Obrigada pelo tempo, pela paciência, pela dedicação... por nos ajudar a crescer.

(Ni e Daniela)

Ni disse...

ERRATA: desempenhos

Peço desculpa a todos pelo erro.
Há distracções que culminam com erros... é quase sempre assim.
Quem me conhece, deste e de outros mundos, sabe quão raro é errar deste jeito.
Não voltará a acontecer.

arciprestado de Águeda disse...

Obrigado pelo comentário.

Errar todos erram! Mas valha-nos a humildade